Área Restrita  |

InWeb lança Observatório da Dengue

Se onde há fumaça também há fogo, o mesmo pode-se dizer das conclusões do Observatório da Dengue, serviço online que a UFMG lança esta semana durante o Fórum Mineiro de Inovação: onde há muita conversa, a doença chegou. Não é suposição. Por meio de tecnologias desenvolvidas para o projeto, pesquisadores demonstraram que há alta correlação entre o volume de registros de mensagens sobre dengue nas redes sociais e a ocorrência de surtos e focos nos locais de origem das informações.

Aliado a isso, os mesmos pesquisadores confirmaram que, como o novo serviço acompanha, em tempo real, o movimento dessas mensagens, na web, seus usuários conseguem se informar, antecipadamente, sobre a probabilidade de explosão de epidemias em suas localidades. A capacidade de previsão de surtos, considerada inédita entre ferramentas similares, foi testada e validada nos últimos seis meses e obteve índices próximos a 85%, como informa o coordenador do projeto, Wagner Meira Jr, professor do Departamento de Computação da UFMG. A taxa significa que a probabilidade de a informação extraída na rede sobre ocorrência da epidemia estar próxima do dado real é alta.

Leia o Press Release Completo aqui ou acesse o Observatório da Dengue.

Comentários estão fechados.

Copyright © 2011 InWeb - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para a Web - Todos os direitos reservados.
XHTML 1.1 OKXHTML 1.1 CSS 2.1 OKCSS 2.1 razz